Discurso de Nelson Mandela (1994)

Inauguração de Nelson Mandela

Chegou a hora de curar as feridas. Chegou a hora de preencher as lacunas que nos separam. Chegou a hora de construir. Finalmente chegamos ao fim de nossa emancipação política. Temos o compromisso de libertar nosso povo da escravidão devido à pobreza, privação, sofrimento, sexismo e outras formas de discriminação. Conseguimos dar os passos finais em direção à liberdade em condições de relativa paz. Estamos comprometidos em construir uma paz completa, justa e duradoura. Conseguimos implantar esperança no coração de milhões de pessoas. Estamos empenhados em construir uma sociedade na qual todos os sul-africanos, brancos ou negros, possam permanecer em pé e andar sem medo, confiantes no seu direito inalienável à dignidade humana, uma nação arco-íris, em paz consigo mesma e com o mundo. Como prova de seu compromisso com a renovação de nosso país, o novo Governo em exercício da Unidade Nacional toma a decisão, como uma questão urgente, de anistiar as diferentes categorias de compatriotas atualmente cumprindo suas penas de prisão. Dedicamos este dia a todos os heróis e heroínas deste país e do resto do mundo que se sacrificaram ou deram suas vidas para que pudéssemos ser livres. Seus sonhos se tornaram realidade. A liberdade é a recompensa deles.
Sentimo-nos humildes e orgulhosos da honra e privilégio que o povo da África do Sul tem em nos nomear o primeiro presidente de um governo sindical democrático, não-racista e não-sexista.
Estamos cientes de que o caminho para a liberdade não é fácil. Estamos cientes de que nenhum de nós pode ter sucesso sozinho.
Devemos, portanto, agir juntos, como povo unido, em direção à reconciliação nacional, para a construção de uma nação, para o nascimento de um novo mundo.
Que a justiça seja a mesma para todos.
A paz existe para todos.
Que há trabalho, pão, água e sal para todos.
Que cada um de nós saiba que Seu corpo, mente e alma foram liberados para que possam florescer.
Nunca mais, nunca mais, este magnífico país revive a experiência da opressão mútua, nem volta a sofrer a indignidade de ser o pária do mundo.
Deixe a liberdade reinar.
Que o sol nunca se ponha sobre uma conquista humana tão brilhante.
Deus abençoe a África.

Nelson Mandela

Você reagiu "Discurso de inauguração de Nelson Mandela ..." Há alguns segundos

Você gostou desta publicação?

Seja o primeiro a votar

Como você gosta ...

Siga-nos nas redes sociais!

afrikhepri@gmail.com

Enviar a um amigo